A Conquista do Pão

Mais de meio século após sua última publicação no Brasil (“Organizações Simões”, Rio de Janeiro, 1953), o coletivo Rizoma Editorial tem a honra de colocar de novo ao alcance dos leitores libertários brasileiros o clássico de Piotr Kropotkin, A Conquista do Pão.

Publicado como livro pela primeira vez em Paris em 1892 (com prefácio de Élisée Reclus, que também sugeriu o título), A Conquista do Pão apareceu inicialmente como uma compilação de artigos nos periódicos anarquistas Le RévoltéLa Revolté (ambos editados por Kropotkin).  Entre 1892 e 1894 foi serializado, em parte, no periódico londrino Freedom, do qual Kropotkin era cofundador. Foi traduzido em vários idiomas (inclusive em japonês, pelo militante anarquista nipônico Kotoku Shusui, em 1909)  e reimpresso em numerosas ocasiões.

Neste trabalho histórico, Kropotkin aponta o que considera como os erros dos sistemas econômicos do feudalismo e do capitalismo – a criação da miséria e da escassez enquanto promovem o privilégio para as classes dominantes (a despeito da abundância propiciada pelos avanços da tecnologia em todas os campos da atividade humana). Ele opta pela proposta de um sistema econômico descentralizado, baseado na ajuda mútua e na cooperação voluntária, afirmando que as tendências para este tipo de organização já existem, como demonstrado na evolução biológica e na sociedade humana. Ele apresenta ainda a expropriação como a questão básica a ser resolvida a fim de que a revolução social não termine em uma via reacionária.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s